Tempo de leitura estimado: 5 minutos

Uma das soluções para o varejo amenizar a crise financeira provocada pelo isolamento, consequência do coronavírus, é aderir ao sistema de delivery. 

Uma solução em potencial poderia ser de formar parceria com o aplicativo de entregas Rappi, que viu a demanda triplicar nas últimas semanas, sobretudo de compras em supermercados, farmácias e refeições, afirma a S/A Varejo.

Mas como esses aplicativos de entrega funcionam? Quais estão disponíveis no mercado e qual deles melhor se adequa ao seu negócio?

Nos anos de 2018 e 2019  A liga Insights liberou dois relatórios das startups que atuam com delivery, logística reversa e entregas. Nós listamos 9 delas aqui e fizemos um breve descritivo do que são e como funcionam. Continue lendo para saber quais são.

 

Empresas de entrega multi delivery para o varejo

As vendas de alimentos, bebidas e produtos de higiene e limpeza e os aplicativos de entrega são as novas frentes de crescimento do comércio online. “Os aplicativos têm efeito multiplicador e eles estão ajudando a popularizar o e-commerce”, afirma Carlos Coutinho, sócio da consultoria PwC Brasil.

Eduardo Terra, presidente da Sociedade Brasileira de Varejo, diz que a parceria dos aplicativos e supermercados é um caminho sem volta, pois o smartphone mudou o hábito de compra e as empresas travam uma corrida para estarem mais bem posicionadas do que as rivais nesse novo mercado. 

Ainda segundo Terra, apesar de ser um novo canal, a venda de supermercados por meio de aplicativos de entrega avança rapidamente e já chega a representar entre 5% e 10% da receita de algumas lojas.

Os dados acima foram retirados desta matéria da Época Negócios.

 

Confira a lista de 9 empresas que fazem entregas para o varejo

 

1) Rappi | Entregamos o que você precisar

O que é:  

Startup de entrega sob demanda. Delivery de restaurantes, supermercados, farmácia, bebidas entre vários outros estabelecimentos parceiros. Na opção “Qualquer coisa”, o usuário pode contratar serviços especiais como entrega de dinheiro em espécie ou entrega de flores, por exemplo.

Como funciona:

O consumidor entra na plataforma. Escolhe um dos estabelecimentos cadastrados. Adiciona os produtos no carrinho. Compra finalizada. A Rappi faz a entrega.

Clientes: 

Carrefour, Farmácias Panvel, AmPm, Petz, Drogasil.

 

2) Loggi | Localizamos o motoboy mais próximo e disponível para atender escritórios, restaurantes, e-commerces e você

O que é:

A Loggi é uma empresa de tecnologia que conecta os clientes que precisam de uma entrega a um mensageiro disponível. Eles não são uma empresa de motofretista, eles oferecem uma ponte entre cliente e mensageiro.

Como funciona:

O cliente final faz o pedido direto para o estabelecimento. O estabelecimento, por sua vez, acessa a plataforma e programa a entrega. O pagamento da encomenda pode ser feito pelo motoboy.

Clientes: 

Madero, Samsung, Dafiti, Mercado Livre, Pizza Hut.

 

3) Eu Entrego | Conectamos varejistas à maior rede de entregadores autônomos do Brasil

O que é: 

A Eu Entrego é similar à ideia da Loggi, a diferença é que eles fazem a ponte com entregadores autônomos (podendo ser qualquer pessoa, um estudante, uma professora, um eletricista). 

Como funciona:

O consumidor acessa a plataforma, informa o que deve ser entregue, onde e quanto está disposto a pagar pelo serviço.  O entregador aceita a oferta ou faz uma contraproposta. E todo processo de entrega pode ser acompanhado pela plataforma. 

Clientes:

Carrefour, Pão de Açúcar, Casas Bahia, Ponto Frio, Arezzo, Rihappy.

 

4) Shipp | Somos seu delivery de tudo. Peça o que quiser. Receba onde estiver

O que é:

Plataforma digital que presta serviço de entrega de quase qualquer tipo de coisa. Um “delivery de tudo“. Ao se cadastrar na Shipp, a empresa monta a sua loja online e cuidam de toda a logística da entrega.

Como funciona:

O usuário entra no app e pode selecionar produtos de restaurantes, bares, farmácias, lojas de pets e demais estabelecimentos para recebê-los em sua casa ou onde solicitar.  O entregador mais próximo coleta o pedido na loja e o leva às mãos do cliente.

Clientes: 

Não encontramos essa informação. 

 

5) b2log | Solução de entregas criativas para e-commerce

O que é:

Trate-se de um marketplace de entrega para e-commerce com foco em entregas de prazos curtos “no mesmo dia” ou “em até 24h”. 

Como funciona:

A b2log realiza as coletas no estabelecimento pela manhã entre às 6h e 9h e pela tarde entre às 12h e 14h. Após a coleta, o veículo segue para os hubs de onde partem em patinetes e bicicletas, carros ou motos até o destinatário, finalizando as entregas.

Clientes:

Livraria Cultura, Dafiti, Kanui, Decathlon, My Shoes, Rihappy.

 

6) James | Seu delivery de qualquer coisa.

O que é:

O James também é uma plataforma multi delivery que Conecta clientes, entregadores e estabelecimentos. A curiosidade aqui é que eles foram comprados pelo Grupo Pão de Açúcar em 2018 e por isso, no setor de supermercados o GPA passa a ser atendido com exclusividade.

Como funciona:

O usuário entra na plataforma e seleciona o estabelecimento que deseja pedir. Ele seleciona os itens que deseja e os adiciona no carrinho. Finaliza a compra. O James realiza a entrega.

Clientes:

Bob’s, Drogaria Extra, Subway, McDonald’s, Minuto Pão de Açúcar.

 

7) Pedala | entrega sustentável para o seu e-commerce

O que é:

Pedala é uma logística que não emite CO2. Todas as suas entregas são realizadas 100% usando bicicletas. No momento, eles atuam na grande São Paulo e Rio de Janeiro (Zonas  Sul, Norte e Oeste).

Como funciona

Um veículo de coleta passa para coletar os pedidos no estabelecimento. Os pedidos são levados para os centros de distribuição da Pedala e separados de acordo com os prazos e CEPs. Os ciclistas da Pedala chegam nos CDs, retiram os pedidos que já estão separados por rotas e começam a pedalar para realizar as entregas.

Clientes: 

Americanas, Submarino, Farm, Netshoes, Reserv, Nespresso.

 

8) Shippfy | rede de entregas colaborativa

O que é:

Trabalham com uma rede colaborativa de entregadores, onde qualquer pessoa (ciclista, taxista, motoboy ou qualquer um que tenha carro) pode trabalhar entregando os encomendas e ganhando uma comissão por isso.

Como funciona:

O App conecta entregadores cadastrados a comerciantes que precisam de um serviço de entrega. Os entregadores recebem as informações das tarefas e decidem se vão realizar a entrega ou não. Eles podem fazer as entregas de bikes, veículos ou moto.

Clientes:

Não encontramos essa informação.

 

9) Logbee | ENTREGAS URBANAS PARA E-COMMERCE

O que é

Uma empresa de inteligência logística ligada a uma rede de motoristas autônomos. Permite que motoristas autônomos consigam atender a empresas como se fossem uma transportadora profissional.

Como funciona

O cliente gera a demanda de entrega (endereço e prazos). A Logbee monta as rotas de entrega e seleciona os motoristas. Os motoristas recebem as instruções e realizam as entregas. 

Clientes

Magazine Luiza, Print, Rei da Oferta, B.blend, The Hunch Box.

 

Como abordado no começo deste texto, as empresas de entrega podem ajudar e muito o varejo a continuar fazendo suas vendas. Por isso, avalie as opções acima, mas não se limite a elas. 

Verifique também a possibilidade de contratar motoboy para entrega autônomos temporários da sua região. Além de ajudar a comunidade onde sua marca está inserida, as taxas podem ser mais atrativas nesta modalidade. 

Se optar por contratar um motoboy da sua região, é importante que você ministre um treinamento de como atuar nesse cenário de quarentena, como se proteger e proteger o outro também.

facebook link linkedin link twitter link